Faber-Castell since 1761
Introdução Geral
Você está em:
Meio Ambiente - Introdução ao conceito de ecopedagogia

 

Tema transversal: meio ambiente.
Foco: introdução ao conceito de ecopedagogia.
Objetivo: apresentar aos alunos o conceito básico de ecopedagogia a partir de situações que eles próprios vivem, diariamente, em todos os espaços disponíveis (parques, jardins, clubes, mirantes, locais para pescaria, entre outros).

Apresentação: constantemente, deparamos com problemas que envolvem a degradação do meio ambiente e, sem dúvida alguma, a preocupação ecológica é parte fundamental para amenizar e evitar situações que coloquem em risco a saúde do planeta. Esta aula procura sensibilizar os alunos para que se tornem agentes transformadores do seu meio a partir de vivências cotidianas, como utilização adequada e necessária dos meios de transporte poluidores versus ações antipoluição; desperdício de alimentos e de recursos naturais esgotáveis, como a água doce e salgada.

Imagem_01

Imagem_02

Atividades para a aula:
1. Disponha a classe em “U” para que cada um exponha a sua visão sobre o que entende por espaço onde vive (apartamento, chácara, casa com quintal e jardim, condomínio fechado com áreas verdes e de lazer ou não). Converse com os alunos sobre como eles se sentem ao vivenciar esses espaços. Conduza o diálogo de forma que percebam e verbalizem a importância de manter esses espaços limpos e preservados, isto é, intocáveis pela intervenção humana, que pode destruí-los.

2. Comece falando sobre os espaços habitados e frequentados por cada um. Destaque a importância do autocuidado com alimentação e higiene, ampliando para a casa onde moram, a rua, o bairro, a cidade, o estado, o país e finalmente o planeta Terra, dependendo do grau de entendimento da faixa etária com a qual trabalhará.

Imagem_03

3. Ponha para tocar uma música que remeta à natureza, ao meio ambiente, como, por exemplo, “Terra”, de Caetano Veloso, “Planeta Água”, de Guilherme Arantes, ou músicas com sons da natureza (pássaros, água corrente etc.).

4. Sugira à classe que reflita coletivamente sobre a letra e/ou sobre os vários sons da natureza, estimulando a manifestação verbal. Pergunte quem já ouviu o coaxar de um sapo ou o canto de uma cigarra, por exemplo. Dê dicas sobre onde esses sons podem ser encontrados na natureza e, se possível, mostre imagens e filmes/desenhos de curta duração.

5. Após essas atividades, sugira que cada desenhe ou pinte, livremente, um determinado animalzinho ou espaço natural que não sofra intervenções humanas de degradação. Para os alunos mais novos, uma horta, um pomar ou um jardim bem cuidados podem ser ótimos referenciais para o trabalho.

Imagem_04

 

Para saber mais:

  • Fundação Paulo Freire Uma parte do site apresenta a Carta da Terra, documento gerado em defesa da Pedagogia da Terra e que descreve as 10 premissas da ecopedagogia.
  • Instituto Ecoar Site do Instituto Ecoar que aborda variados temas sobre educação ambiental no Brasil e oferece dicas de links interessantes.