Faber-Castell since 1761
Introdução Geral
Você está em:
Voz como instrumento de trabalho

voz1

A voz é considerada um dos mais eficazes meios de interação humana e é uma das principais ferramentas de trabalho dos professores.

Nossa voz, além de explicitar nossas ideias em palavras e frases, também revela impressões e intenções pessoais, a partir do timbre, volume e modo de emissão.

Você conhece seu aparelho fonador? Sabia que para a produção de sons que emitimos precisamos dos nossos órgãos respiratórios que produzem a corrente de ar necessária à fonação.

Por isso, não basta cuidar das cordas vocais para garantir a saúde da voz.

Os professores estão vulneráveis ao tempo e ao uso da voz.

Muitas pesquisas mostram um aumento significativo do número de profissionais da área de educação com distúrbios vocais causados tanto pelas condições de sua rotina de trabalho, quanto pela desinformação e inadequação do uso das estruturas vocais durante seu dia a dia e práticas.

Isso coloca em risco a qualidade vocal e a sua atuação profissional.

O professor é um comunicador e a voz é um dos veículos de comunicação primordiais. Mesmo com todas as tecnologias que surgiram e que continuam surgindo ao longo do tempo, nenhuma subsiste sem o uso da ferramenta vocal.

E por ser uma ferramenta essencial para o exercício da profissão, o uso adequado da voz está diretamente atrelado ao bom desempenho do professor em sala de aula.

Sua capacidade de fazer-se entender verbalmente auxilia o desenvolvimento da empatia facilitando a comunicação e exposição de ideias com o outro.

Por isso, o professor deve tomar alguns cuidados com a voz a fim de preservar esse importante instrumento de trabalho.

Seguem algumas dicas de cuidados fáceis de aplicar no dia a dia e que podem, inclusive, serem inseridos nas atividades com os alunos, promovendo maior interação e respeito à profissão docente.

 


 

garganta

 

Antes de iniciar a atividade vocal é recomendado fazer uma higienização, utilizando o aquecimento e desaquecimento da musculatura que envolve o processo de fonação.

 

 

 


 

A seguir, uma repetição para aquecimento vocal e uma para articulação.
Ah, e esse pode ser um momento de descontração e diversão a ser feito com os alunos!

Para aquecimento, repita os sons:
Zi – Si – Fi – Chi – Vi – Gui – Qui – Z – S – F – CH-C – V-K
Bar – Mur – Per – Vur – Der – Xar – Cor -Ter – Quer –
Dru – Cro – Vri – Fra – Tre – Terê – Fará – Vir
MANG – MENG- MING- MONG – MUNG
BANG – BENG – BING – BONG – BUNG
BAMM – BEMM – BIMM – BOMM – BUMMM
DLAN – DLEN – DLIN – DLON – DLUN
DRAN – DREN – DRIN – DRON – DRUN
TLAN – TLEN – TLIN – TLON – TLUN
TRAN – TREN – TRIN – TRON – TRUN

Exercícios articulatórios:

  • A arataca armada na mata apanha tacarada, arara e aratanha
  • Rififi de piquiribi viril chicrim e tinguimirim inimississimo de pirlimpimpim.
  • No muturrutu pululam urutus, surucucus e surucucus

 

 


 

copo

 

Durante a atividade vocal, deve-se beber alguns goles de água para umidificar a garganta (a água não passa pelas pregas vocais). Como é preciso evitar choque térmico, a água ingerida durante as atividades deve estar em temperatura ambiente.

 

 

 



posturaA postura também exerce importante influência. Por estar interligada com a respiração, a postura correta facilita a saída e a entrada de ar até os pulmões. Assim, procure mantê-la correta.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

foneMuitas vezes somos desafiados pela “competição sonora”, seja por barulhos externos ou pela agitação da classe e dos alunos. É fundamental evitar usar a voz e gritar, pois isso provoca um intenso atrito nas pregas vocais, podendo lesioná-las. Nesses casos o uso de objetos sonoros ou outras estratégias pessoais são mais indicados para conter o barulho e voltar à atenção dos alunos para o professor.

 

 


 

cof

 

 

Pigarrear, tossir e raspar secreção deve ser evitado e substituído pela deglutição, que auxilia nessa eliminação sem causar prejuízos.

 

 

 

 


 

leite

 

A alimentação antes das atividades vocais também ajuda nesses cuidados. Leites, chocolates e derivados aumentam a secreção do muco no trato vocal e devem ser evitados, tal como bebidas alcoólicas que por seu efeito anestésico provocam a diminuição da sensibilidade promovendo o abuso vocal, já que não sentimos todo o esforço que fazemos na situação.

 

 


 

maçaA famosa maçã, que sempre esteve relacionada a um presente para os professores, faz sentindo, já que é um alimento fibroso e auxilia na limpeza da boca, pois tem ação adstringente, assim como os sucos e demais frutas cítricas.

 

 

 

A disposição dos alunos em sala formando um “U” ajuda a dissipar melhor o som da voz, além de promover uma educação mais dialógica a partir da qual todos se veem e se comunicam.

Roupas ajustadas e confortáveis facilitam o fluxo respiratório e a manter a postura.

A saúde vocal é essencial para uma longa carreira profissional e esses cuidados simples auxiliam na prevenção de problemas mais graves, além de promover uma comunicação verbal mais saudável.